XVº Estágio para Jovens Instrumentistas Torrejanos- EJIT ‘23 // Conservatório de Música do Choral Phydellius

Hits: 783
  • Data
    8 julho . sábado . 18h30
  • Duração
    50'
  • Público alvo
    M6
  • Preço
    3 €

Volvidos 3 anos de suspensão forçada, eis de volta o EJIT, na sua versão XV, vivo desde 2005. A oportunidade performativa de alto nível para os jovens músicos torrejanos, pela batuta de maestros distintos da Península Ibérica, a partilha interassociativa com as bandas filarmónicas do concelho e da região e a promoção de evento artístico formativo, orquestral juvenil para a nossa comunidade educativa, são as três coordenadas para as melhores atenções dadas a esta ação no âmbito do plano anual de atividades do Conservatório de Música do Choral Phydellius.
A edição 2023 recebe, pela primeira vez, os naipes de cordas friccionadas.
O concerto de encerramento deste estágio de seis intensos dias de trabalhos setoriais e tutti – Tores Novas, 3 a 8 de julho –conta com a participação de formadores nas várias especialidades instrumentais: flautas, oboés, fagotes, clarinetes, saxofones, trompetes, trompas, trombones, eufónios, tubas, percussão, piano, violinos, violas, violoncelos e contrabaixos.
Contamos com a direção artística da eminente jovem maestrina lusitana Rita Castro Blanco, detentora de carreira emergente e categorizada em Inglaterra, França e EUA, para além das experiências de sucesso com algumas das melhores formações orquestrais nacionais de Portugal.

FICHA ARTISTICA
Direção artística Rita Castro Blanco
Professores formadores:
naipe de flautas transversais Sara Mendes
palhetas duplas Bruno Ferreira
palhetas simples Ricardo Henriques
saxofones a designar
trompetes Luís Carreira
trompas José Francisco Martins
trombones Diogo Santos
tubas Bruno Pascoal
piano Vira Korinna
violinos Dulce Félix e Inês Alves
violas Bárbara Bernardino
violoncelos Ana Rodrigues
percussões Daniela Antunes e Pedro Fonseca
Produção Conservatório de Música do Choral Phydellius
Parceiros Sociedade Musical União e Trabalho - Lapas, Sociedade Filarmónica União Matense, Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense, Centro Recreativo e Musical do Outeiro Grande, Sociedade Filarmónica União Pedroguense, Banda Operária Torrejana, Sociedade Velha Filarmónica Riachense, Sociedade Filarmónica Lealdade União Ribeirense.
Apoio Teatro Virgínia, IPDJ; Município de Torres Novas

©créditos reservados

Redes Sociais
Tagged under: Música