Teorias da Inspiração // de David Marques

Hits: 236
  • Data
    07 maio . sábado . 21h30
  • Duração
    60'
  • Público alvo
    M12
  • Preço
    7,50 €
  • Observações
    descontos aplicáveis

Inspiração. Julho, 1992 - no Teatro Virgínia, em Torres Novas, apresentava-se o espetáculo que marcava o fim do ano letivo da escola de dança onde tinha acabado de entrar. Sentado na plateia, com seis anos, não podia imaginar quanto aquela peça encheria os pulmões do meu trabalho coreográfico. Refletindo sobre inspiração artística pensei de imediato naquele espetáculo e no impacto que teve em mim.
Expiração. Ao procurar a cassete vhs onde o tinha gravado, percebi que ela tinha desaparecido. Sem o registo vídeo, abria-se espaço para um exercício de rememoração e especulação.
Conspiração. Numa conversa recente com a professora Helena Azevedo apercebi-me que ‘Mulher Traço Variações’ tinha sido criado com o intuito de agradar ao público torrejano que, no ano anterior, teria abandonado a sala insatisfeito durante a apresentação das alunas. Para minha surpresa, o espetáculo-inspiração de 1992 aparecia-me agora, não como um projeto vanguardista, mas antes como um gesto de aproximação, obrigando-me a questionar a minha própria mitologia. Num labirinto de espelhos e sopros, Teorias da Inspiração semeia uma ficção conspirativa sobre estes espetáculos sem rasto reativados agora pela memória e pela imaginação.
David Marques

Bio//
Nasceu em Torres Novas. Estudou na ESD - IPL e no CCN Montpellier. A sua peça Mistério da Cultura recebeu o Prémio Autores 2020 da SPA para Melhor Coreografia e o solo Dança sem Vergonha foi
considerado pelo jornal Expresso um dos espetáculos do ano de 2020.

Ficha artística //
Interpretação David Marques, Francisco Rolo, Luís Guerra, Nina Botkay
Cenografia e luzes Tiago Cadete
Sonoplastia Miguel Lucas Mendes
Figurinos Marisa Escaleira
Olhar exterior Patrícia Milheiro
Acompanhamento à investigação Telma João Santos
Fotografias Ágata Xavier
Administração Vítor Alves Brotas | Agência 25
Coprodução Parca, Agência 25, Teatro do Bairro Alto, Chorège | CDCN Falaise Normandie (no âmbito de 'acolhimento-estúdio' financiado pelo Ministério da Cultura francês), Teatro Virgínia
Apoios Companhia Olga Roriz, Escola Superior de Dança - Instituto Politécnico de Lisboa, Estúdio ACCCA | Companhia Clara Andermatt, Estúdios Victor Córdon, Espaço do Tempo com Pro.Dança, Junta de Freguesia do Lumiar (Cultura), Polo Cultural Gaivotas | Boavista - Câmara Municipal de Lisboa, Teatro da Voz
Agradecimentos Ana Filipa Amaro, Ângela Marques, Helena Azevedo, João Canais, Marta Tomé, Loïc Touzé, Nuno Pinheiro, Susana Gaspar

©Ágata Xavier

Redes Sociais

Related Articles