Rossoblio (ou Deitadas no Vermelho) // Ves Liberta e Andrei Bessa

Hits: 154
  • Data
    8 outubro . sábado . 11h e 18h (2 sessões)
  • Duração
    75'
  • Público alvo
    M16
  • Preço
    entrada gratuita

FORA DE PORTAS // Jardim Almonda Parque

Rossoblio (ou Deitadas no Vermelho) é a terceira performance do projeto de investigação «Lie on red» que começou com a performance «D onde venho para as gentes desse lugar» apresentada em Torres Novas e Amsterdão e a performance «Empatia» apresentada em Luanda com a colaboração da artista Kisha Kipito Kussamba. Para esta terceira performance, a artista Ves Liberta convida Andrei Bessa para juntes «situarmos, desviarmos e investigarmos». «Fazemos o caminho que traça e estraçalha esse rosso.vermelho.rosa. Brincamos com passados, brindamos ao delírio. calma e sangue. Mamma? pisadas e pegadas.»

Bio //
Ves Liberta tem desenvolvido trabalho nas áreas da performance e poesia, debruçando-se sobre temas como Empatia, Queerness, Herança e Contaminação. Foi performer em trabalhos de Ana Borralho e João Galante (2017), Raimund Hoghe (2018), Pedro Barreiro (2018), Leonor Lopes (2020), Dinis Machado (2021 e 2022) e Eduardo Batata (2021).
Andrei Bessa é performer e dramaturgista brasileiro. Com foco na dramaturgia em processo, o seu trabalho tem ênfase na performance, com criações que entrelaçam dança, teatro, literatura e audiovisual. Atualmente, investiga o seu corpo gordo como material de expressão artística e a sua mais recente obsessão é a fabulação do ser mítico urso-unicórnio.

 

©créditos reservados 

Redes Sociais
Tagged under: Performance