Quarta-feira: o tempo das cerejas // de Cláudia Dias

Hits: 402
  • Data
    25 de junho . sexta . 21h00
  • Duração
    60 min
  • Público alvo
    M/12 anos
  • Preço
    7,5 € (descontos aplicáveis)
  • Observações
    abertura bilheteira 14 junho | Lotação 40 lugares

Quarta-Feira é o terceiro episódio do ciclo Sete Anos Sete Peças. Depois de enfrentar Pablo Fidalgo Lareo em Segunda-Feira: Atenção à Direita! (estreado no Alkantara Festival em 2016) e de Luca Belleze em terça-Feira: Tudo o que é sólido dissolve-se no ar (2017), Cláudia Dias partilha agora o palco com Igor Gandra, diretor artístico do Teatro de Ferro.

Bios // Cláudia Dias, nasceu em 1972. É coreógrafa, performer e professora. O seu trabalho tem sido acolhido por várias estruturas, teatros e festivais nacionais e internacionais. Igor Gandra tem formação em teatro, dança, teatro de marionetas e objetos, filosofia e artes marciais.

Direção artística Cláudia Dias
Artista convidado Igor Gandra
Intérpretes Cláudia Dias e Igor Gandra
Assistente técnico e artístico Karas
Cenário e marionetas Igor Gandra e Cláudia Dias
Realização plástica Eduardo Mendes
Oficina de construção Igor Gandra, Cláudia Dias, Karas, Eduardo Mendes, Daniela Gomes e Nádia Soares
Desenho de luz e direção técnica Nuno Borda de Água
Acompanhamento crítico Jorge Louraço Figueira
Residências artísticas TMP/Teatro Campo Alegre, Teatro de Ferro, Companhia de Dança de Almada, Centro de Experimentação Artística do Vale da Amoreira, O Espaço do Tempo.
Produção Alkantara
Coprodução Maria Matos TM, Teatro Municipal do Porto, Centro Cultural de Vila Flor
Residência de coprodução O Espaço do Tempo
Cláudia Dias é artista associada de O Espaço do Tempo.
O Alkantara é uma estrutura financiada por: República Portuguesa | Cultura / Direção-Geral das Artes

Redes Sociais
Tagged under: Dança