Princesa Sal // de Vera Alvelos

Hits: 438
  • Data
    03 maio . terça . 14h00 . escolas
  • 2ª Data
    04 maio . quarta . 10h00 e 14h00 . escolas
  • Duração
    60'
  • Público alvo
    8 aos 12 anos
  • Preço
    entrada gratuita
  • 3ª Data
    04 maio . quarta . 18h00 . público geral

O sal e o confinamento juntam-se num espetáculo de teatro, por via de uma história antiga sobre uma princesa presa numa torre. Esta história percorre vários tempos e realidades e,  para a contar, investigámos as paisagens do sal e as histórias dos marnotos, trabalhadores das salinas, mas também ouvimos muitas histórias de crianças como tu, que ficaram “presas  naquela torre”. Assim, o espetáculo desenvolve-se na relação da atriz como uma malha humana que traz várias vozes a esta história. Entretanto, a princesa desespera, inventando tudo e mais alguma coisa para que os dias se tornem melhores e agora espera por ti, para saberes como a história acaba.

Bio//
Vera Alvelos, Lisboa, 1976, encenadora e mediadora cultural. Mestre em Artes Cénicas pela FCSH-UNL, estudou anteriormente Psicologia Clínica no ISPA. Com um trabalho intenso na área da mediação cultural, desde 2010 que cria espetáculos, a solo ou em parceria, sobretudo para público jovem. Tem, igualmente, criado projetos com comunidades várias, usando as artes visuais e performativas e pesquisando a memória individual e coletiva, o património imaterial, a relação com a terra e o lugar, entre outras.

Ficha artística //
Direção artística, dramaturgia e encenação Vera Alvelos
Interpretação e cocriação Tânia Cardoso
Cenografia Rui Horta Pereira
Vídeo de cena Ricardo Reis
Música e Paisagens Sonoras Rui Lucena
Figurinos Lucília Raimundo
Apoio ao movimento Maria Belo Costa
Desenho de luz e direção técnica Artur Pispalhas
Imagem gráfica do projeto Raquel Fradique
Assistência de Vídeo Dânia Viana
Produção Catarina Sobral
Coprodução 23 Milhas / Museu Marítimo de Ílhavo/ Teatro Virgínia
Gestão Financeira Associação Cultural A Monda / Mente de Cão – Associação Cultural
Parcerias de investigação com escolas Museu Marítimo de Ílhavo, Município de Santo Tirso, Teatro Municipal de Ourém, Teatro Virgínia
Residências artísticas Teatro Virgínia, Centro Cultural Gafanha da Nazaré/23 Milhas
Agradecimentos Marinha da Noeirinha, Cooperativa Agrícola de Produtores de Sal de Rio Maior, CM Rio Maior, José Casimiro, Blandina de Jesus, Maria Esteves Cascais, Adérito Soares dos Santos, Mário Ribeiro, Alberto Correia Neto, António Silva (Vermelho), Maurício Damas, Paulo Simões, José Simões e Agrupamento de Escolas da Gafanha da Encarnação, em especial aos alunos que participaram nas oficinas O Sal e a Vida e deram a sua contribuição a este espetáculo.


Este projeto tem o apoio da República Portuguesa – Cultura / Direção Geral das Artes


©Ricardo Reis

Redes Sociais

Related Articles