Prestes a acontecer // Auto dos Cantarinhos de António Prestes // por Eduardo Dias

Hits: 157
  • Data
    16 de outubro . sábado . 21h30
  • Duração
    90 min
  • Público alvo
    M6
  • Preço
    entrada gratuita
  • Observações
    levantamento prévio de bilhete | máx. 4 por pessoa

inserido na programação «VOLver»

O Auto dos Cantarinhos conta a história de um caso de bigamia. Em Lisboa, um escudeiro, omitindo ser casado, seduz uma jovem cujos pais, levados pela ambição, aceitam de bom grado o casamento que o escudeiro propõe à filha. Efetuado o matrimónio, o escudeiro decide que a única forma de se libertar da situação de bigamia que criou é assassinar a primeira mulher, para o que contará com os serviços de um seu antigo amo. No entanto, o plano é malogrado, resultando na prisão do escudeiro. Contudo, a primeira mulher decide salvar o marido, vestindo-se de homem para, numa ação transgressora, o poder libertar. Numa cena final, em que intervêm também a Justiça e a Razão, o casal é desculpado e convidado a reunir-se, celebrando o amor.

 

Texto António Prestes
Encenação Eduardo Dias
Apoio à Análise do Texto José Camões
Interpretação Amélia Maia, Ângelo Castanheira, António Paixão, Dília Cunha, Hélder Azevedo, Manuela Fazenda, Matilde De Oliveira, Miguel Nunes, Nicole Cordeiro, Pedro Escarameia, Pedro Marujo, Sérgio Rodrigues, Alda Lopes
Música Gonçalo do Carmo
Fotografia e Vídeo Rui Bué

BIO// Eduardo Dias é natural de Avanca, Aveiro. Formou-se e iniciou o seu percurso teatral com Victor Valente em 1999 na Companhia do Jogo a par de uma licenciatura em Psicologia onde aprofundou estudos em Arte-Terapia. Colaborou e colabora como ator e encenador em diversas estruturas. Atualmente dá formação em Teatro e dirige artisticamente o Alavanca, festival de teatro de Avanca a par de um mestrado em Estudos de Teatro na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Redes Sociais
Tagged under: Teatro
teste

Related Articles