Adriana Calcanhotto // Margem

Hits: 622
  • Data
    27 de novembro . sexta-feira . 21h30
  • Duração
    80min
  • Público alvo
    M/6 anos
  • Preço
    20€
  • Observações
    (descontos aplicáveis)

Com o novo disco «Margem», Adriana Calcanhotto fecha a trilogia marítima iniciada com «Maritmo» (1998), o primeiro que explicita a sua paixão pelo mar, e «Maré» (2008), o seu sétimo disco, que reforça a ambiência oceânica. 

«Margem» permite, em palco, o encontro destes três projetos marítimos, separados por dez anos cada um e por diferentes aventuras musicais entre eles.  

Além do foco nestes três trabalhos, o concerto conta ainda com algumas canções de álbuns paralelos e com canções de Adriana Calcanhotto registadas por outros intérpretes, como é o caso de «Livre do amor».

 

Bio

A sua trajetória teve início em meados dos anos 80. O primeiro disco, «Enguiço» (1990), valeu-lhe o Prémio Sharp de Revelação Feminina. «Senhas» (1992), foi o primeiro totalmente concebido e produzido por si. A imprensa considerou «A Fábrica do Poema» (1994) disco do ano. As referências explícitas ao mar surgem em «Maritmo» (1998), mais tarde repetem-se em «Maré» (2008), «Olhos de Onda» (2014) e «Margem» (2019). Lança «Público» (2000) e «Cantada» (2002). Adriana Partimpim (2004) surge como heterónimo infantil (Grammy Latino de Melhor Álbum Infantil). Em 2011 produz o primeiro trabalho inteiramente da sua autoria: «O Micróbio do Samba». Em 2016 lança o livro de letras «Pra que é que serve uma canção como essa?».

 

Ficha artística:

Voz, guitarra Adriana Calcanhotto

Guitarra, flauta Bem Gil

Baixo, synths Bruno di Lullo

Bateria, percussões Rafael Rocha

Produção Im.par

 

Redes Sociais
Tagged under: Música

Related Articles