A Gaivota // Companhia João Garcia Miguel

Hits: 169
  • Data
    18 de junho . sexta . 21h00
  • Duração
    80 min
  • Público alvo
    M/16 anos
  • Preço
    7,5 € (descontos aplicáveis)
  • Observações
    abertura de bilheteira: 07 junho

O Projeto Gaivota é uma peça de teatro original, que aborda o tema de género de múltiplas formas, cruzando 2 eixos principais:

1) A personagem Treplev da peça "A Gaivota" de Anton Tchekov: a sua relação falhada com Masha e com o teatro, o sentimento de castração e de inferioridade na relação com a sua mãe; a sua incapacidade enquanto homem para aceitar e a sua necessidade de se afirmar no confronto com o mundo hostil, que o contraria e o desafia, que questiona a sua sexualidade e a sua identidade na relação com os outros e com o mundo; a amputação simbólica do corpo que mata e morre por causa da sua incapacidade para lidar com o mundo hostil à sua volta e de inevitavelmente transformar-se; 

2) a história verdadeira de uma rapariga transgénero, que desde o início da sua vida tem este sentimento de que está no corpo errado e que depois de muitos anos decide dar início a um processo de transformação, de mudança de sexo/género;

A partir do entrelaçar destes eixos, o projeto GAIVOTA propõe trazer ao palco uma ideia de humanidade em profunda transformação das suas relações com o corpo.

Através do caos dos corpos em mutação e em palco: reflectir, questionar e dialogar sobre as noções de transsexualidade, identidades, expressão, corpo, fisicalidade, interioridade, humanidade, reinvenção vs. extinção. Da extinção à transformação total de identidade e género. O que implicam estas transições, estas dualidades entre homem-animal, homem-mulher, homem-máquina? Quais sãos os limites do corpo homem-animal-máquina? Em que se apoiam e por onde se movem as nossas (des)identidades?

Ficha Artística
Texto, Direção João Garcia Miguel
Intérpretes Águeda Plácido, Sofia Brito, Beatriz Gonçalves e Adriana Xavier
Músico Sickonce
Figurinos Rute Osório de Castro
Iluminação Teatro das Figuras
Sonorização Teatro das Figuras
Assistente de Encenação Teresa da Silva
Direção Técnica Roger Madureira
Direção Produção Georgina Pires
Produção & vendas Janine Lages
Fotografia Filipe Farinha
Assessoria de Imprensa The Square, Raquel Alfredo
Apoio Técnico AUDEX

 

Bio//

Fundada há 16 anos, em 2002, a Companhia João Garcia Miguel é uma companhia de criação artística contemporânea que pesquisa o desenvolvimento artístico e criativo em artes performativas, exploradas no teatro. No percurso da companhia, a busca de uma diferença, uma singularidade, acompanham cada nova criação. As suas criações foram por várias vezes distinguidas e premiadas, sendo a mais recente em 2014 com o Prémio SPA para o Melhor Espetáculo de Teatro, com a peça Yerma. A Cia JGM é uma estrutura financiada pelo Governo de Portugal; Secretária de Estado da Cultura; DGArtes.

Redes Sociais
Tagged under: Teatro